O Mercado Aberto de Flores – agora organizado e com condições para a transação quer para comerciantes como para consumidores – começou espontaneamente há várias décadas. Comerciantes aproveitavam a noite de 30 de outubro para se instalarem no exterior do Mercado para, na madrugada seguinte, venderem flores destinadas ao Dia de Todos os Santos uma vez que é tradição os poveiros enfeitarem as campas dos cemitérios com flores frescas.

Com o cunho da qualidade que tem vindo a ser implementado pelo Pelouro do Desenvolvimento Local no Mercado poveiro, 47 comerciantes poveiros participaram nesta edição. Devido à chuva, a atividade foi realizada dentro de portas.